Associação dos Municípios dos Campos Gerais

AMCG Esporte AMCG Campos Gerais AMCG Cultura AMCG Damas AMCG Meio Ambiente
Buscar

Notícias

Nova diretoria da Adetur quer sinergia entre atores

A nova diretoria da Agência de Desenvolvimento do Turismo dos Campos Gerais (Adetur) pretende realizar um trabalho em conjunto entre todos os setores ligados ao turismo na região. Criada para desenvolver a atividade, e com atuação junto às empresas privadas, terceiro setor e poder público, a Adetur vinha realizando diversos projetos, com recursos provenientes do setor privado. Agora, por conta da nova política de regionalização do turismo, os municípios dos Campos Gerais devem assinar Termo de Parceria com a Adetur para compor o Mapa do Turismo Brasileiro e ser destino prioritário junto ao Ministério do Turismo. “O que estamos propondo é sinergia entre todos os atores envolvidos”, explicou a presidente da Adetur, Wagnilda Alves Minasi.
A nova diretoria foi empossada na manhã desta terça-feira em cerimônia realizada no Sebrae, em conjunto com a Associação dos Municípios dos Campos Gerais (AMCG). Também compõe a nova diretoria da Adetur, Carlos Alberto Ornellas como diretor administrativo e José Luiz de Fonseca Pereira, como diretor financeiro. Do Conselho Fiscal foram empossados Juliano Komay, como presidente, Adriane Terezinha Burak e Thais Pius, e como suplentes Douglas Francisco Costa e Herus Ericksen Schultz.
O Termo de Parceria dos municípios junto a Adetur se deve, pois um dos critérios para que os municípios componham o Mapa do Turismo é a participação em instâncias de governança regional. “A Adetur é a entidade reconhecida como IGR nos Campos Grais”, explica a diretora técnica da Paraná Turismo, Deise Bezerra, que esteve presente no encontro para explicar aos gestores do turismo da AMCG as regras para integrar o Mapa, que é reformulado a cada dois anos e deve sofrer alterações no início de 2019.
Para falar sobre a sinergia entre os envolvidos na atividade turística, a nova presidente fez comparação com as peças de um mosaico, onde cada uma das peças é imprescindível para sua composição. “Peço que cada uma das peças deste mosaico se fortaleça, mas para que o todo se destaque. Não queremos peças isoladas. Elas podem ser bonitas, mas não compõe uma tela”, disse Wagnilda em seu discurso.
Além da diretora técnica, o presidente da Paraná Turismo Jacó Gimenez esteve na cerimônia de posse da Adetur representando a Secretaria de Estado dos Esportes e do Turismo. “Os Campos Gerais tem DNA turístico, já vem há tempos trabalhando o turismo por meio da AMCG e agora da Adetur”, ressaltou, destacando que a região deve continuar a cumprir seu papel de desenvolvimento e pioneirismo na área.
O presidente da AMCG e prefeito de Jaguariaíva Juca Sloboda destacou a atuação de sua entidade em todos os setores, inclusive no turismo. “Vamos caminhar juntos com a Adetur, pois temos o mesmo intuito: fortalecer a região”, disse.
Mapa do Turismo
Hoje a região dos Campos Gerais conta com 11 de seus 19 municípios no Mapa do Turismo Brasileiro. Para continuar ou adentrar nesta composição, as Prefeituras devem cumprir algumas regras estabelecidas pelo Ministério do Turismo. “A intenção não é que todos os municípios estejam no Mapa, mas sim aqueles que querem desenvolver o turismo, e que tenham foco para isso”, explicou a diretora técnica da Paraná Turismo.
Conforme Deise, são poucos os municípios que podem ter o turismo como atividade principal, mas nada impede que a atividade seja trabalhada como secundária, já que é uma boa fonte de recursos. “Estes municípios também podem estar inseridos no Mapa”, conta, lembrando que o Mapa é dividido em categorizações pelo Ministério do Turismo.