Associação dos Municípios dos Campos Gerais

AMCG Esporte AMCG Campos Gerais AMCG Cultura AMCG Damas AMCG Meio Ambiente
Buscar

Notícias

Prefeituras sentem efeitos da greve, mas apoiam movimento

reserva

Mesmo sentindo os efeitos da paralisação dos caminhoneiros, os prefeitos da Associação dos Municípios dos Campos Gerais (AMCG) manifestam a sua solidariedade à greve. A maioria dos municípios já conta, desde quarta-feira, com serviços comprometidos, mas seus gestores destacam o apoio aos trabalhadores que estão protestando. “Os prefeitos são a favor e solidários com a greve dos caminhoneiros, visto que os altos custos dos combustíveis afetam diretamente os orçamentos das Prefeituras”, explica o presidente da AMCG e prefeito de Jaguariaíva, Juca Sloboda.
Em seu município, a falta de gasolina e do etanol afetou o serviço de transporte escolar e demais veículos do serviço público. Somente os veículos movidos a diesel continuam em funcionamento, bem como os serviços prioritários, como da saúde. “Além disso, o desabastecimento é evidente nos estabelecimentos comerciais”, conta. Serviços de saúde também estão sendo priorizados nos demais municípios. A coleta de lixo, na maioria das Prefeituras, continua a funcionar, mas de forma reduzida.
No caso do município de São João do Triunfo nem mesmo a coleta de lixo pode ser mantida. Pois o aterro que recebe os resíduos da população segue até Três Barras em Santa Catarina, e, portanto, o caminhão da coleta não pode realizar a destinação devido aos bloqueios na estrada. Em nota, a Prefeitura solicita a “compreensão e colaboração da população no sentido de acomodar o lixo até o retorno das atividades”.
Em Reserva, Ortigueira, e parte de Ponta Grossa, o comércio local também está manifestando apoio à greve. Em Reserva, os comerciantes fecharam suas portas na quinta-feira das 14 às 15 horas. Em Ortigueira, nesta sexta-feira houve manifestação às 15 horas em frente à Igreja Matriz. Manifestantes seguiram até a Cocari para prestar solidariedade aos grevistas. Já em Ponta Grossa, a Associação Comercial e Industrial (ACIPG) emitiu nota com lista dos estabelecimentos que estariam suas portas fechadas hoje.